Cobalamina: Funções, Deficiência e Quem Precisa Suplementar.

ANÚNCIO

A Cobalamina ou vitamina B12, como também é chamada, faz parte do complexo B e é fundamental para manter a saúde física e mental.

A carência desse nutriente essencial pode ter consequências graves e irreversíveis, por isso é muito importante saber reconhecer seus sintomas.

ANÚNCIO

Nesse artigo explicaremos as funções da cobalamina no organismo, suas principais fontes, sintomas de deficiência e quando a suplementação é indicada.

Cobalamina: para que serve

A cobalamina é crucial para o funcionamento normal do sistema nervoso e do cérebro.

Também é importante para a formação das células vermelhas do sangue e participa da criação do DNA.

ANÚNCIO

Cobalamina para que serve

Todas as células do corpo têm seu metabolismo dependente da vitamina B12, já que ela está envolvida na síntese de ácidos graxos e produção de energia.

Essa vitamina é igualmente importante para a absorção de outro nutriente essencial: o ácido fólico, que é necessário para a síntese de proteínas, crescimento celular e reparação do DNA, entre outras funções.

Milhões de hemácias são produzidas a cada minuto em nosso corpo. Porém, sem a cobalamina, a multiplicação de células vermelhas fica prejudicada, ocasionando a anemia.

Saiba mais sobre os problemas causados pela falta de B12 no próximo tópico.

Deficiência de cobalamina

A deficiência dessa vitamina ocorre quando o corpo não recebe quantidades suficientes ou não consegue absorvê-la de maneira adequada.

Isso pode causar danos graves e até mesmo irreversíveis ao cérebro e sistema nervoso.

E mesmo uma carência leve, ou seja, níveis apenas um pouco abaixo dos normais, já pode causar sintomas, como depressão, confusão mental, dificuldade de memorização e fadiga.

Também pode ocorrer prisão de ventre, falta de apetite e perda de peso.

Caso a deficiência não seja tratada, os sintomas podem evoluir para alterações neurológicas, como formigamento e dormência nas mãos e pés, assim como dificuldade para manter o equilíbrio.

A carência desse nutriente traz um sério risco de danos permanentes ao sistema nervoso e cérebro, aumentando em algumas pessoas a probabilidade de desenvolver psicose, mania e demência.

Anemia megaloblástica

A anemia megaloblástica é uma doença que pode ser ocasionada pela falta de cobalamina no organismo.

Causa alterações nas hemácias, que atingem um tamanho maior do que o normal e não desempenham suas funções corretamente, além de reduzir a produção de glóbulos brancos e plaquetas.

Quando presente durante a gravidez, esse tipo de anemia pode causar má formação do feto e parto prematuro.

Como é feito o diagnostico de deficiência de cobalamina?

O médico diagnostica a carência da vitamina com base nos sintomas relatados, exame físico do paciente e exames laboratoriais de sangue.

Fontes de vitamina B12

Para pessoas que não têm problemas de saúde que prejudicam a absorção de cobalamina, a melhor forma de manter seus níveis saudáveis é ingeri-la através de suas fontes alimentares. Confira alguns dos alimentos que mais contêm vitamina B12:

  • Fígado bovino.
  • Fígado de frango.
  • Carne de porco.
  • Carne de cordeiro.
  • Peixes como arenque, salmão e atum.
  • Leite, queijos e iogurtes.
  • Ovos

Fontes de cobalamina

Alguns produtos industrializados, como leites vegetais, cereais matinais e achocolatados são enriquecidos com cobalamina. Essa informação pode ser verificada nos rótulos.

Ingestão diária recomendada

Adultos devem consumir diariamente 2,4 mcg da vitamina. Na gravidez e amamentação, esses valores sobem para 2,6 e 2,8 mcg, respectivamente, de acordo com a tabela da Anvisa.

Alimentação vegetariana/vegana e carência de cobalamina

Como as principais fontes dessa vitamina são de origem animal, veganos e vegetarianos que não consomem ovos, leites e seus derivados de forma regular têm maior chance de desenvolver uma deficiência.

Nesses casos, o uso de suplementos é indicado, mas deve ser feito sob orientação médica.

De acordo com a Sociedade Vegetariana Brasileira, a suplementação de B12 é indiscutivelmente necessária para gestantes, mulheres que estejam amamentando e crianças.

Causas da má absorção de vitamina B12

Além da falta de fontes da vitamina na alimentação, a má absorção desse nutriente também pode levar a um quadro de carência.

Entre as principais causas de má absorção de cobalamina podemos citar:

  • Anemia perniciosa. Doença autoimune que atinge o sangue. O estômago das pessoas que têm essa doença não produz suficientemente uma proteína denominada Fator Intrínseco, que é necessária para a absorção de vitamina B12.
  • Remoção cirúrgica de parte do intestino delgado.
  • Gastrite.
  • Doença celíaca.
  • Doenças intestinais inflamatórias.
  • Alcoolismo.
  • Cirurgia bariátrica.
  • Uso de metformina (medicamento utilizado no controle do diabetes).

Em casos de má absorção, a suplementação de vitamina B12 pode ser feita através de injeções, sempre sob prescrição médica.

Excesso/efeitos colaterais da vitamina B12

Por ser uma vitamina hidrossolúvel, o excesso de cobalamina é excretado através da urina e seu uso, mesmo em doses elevadas, não produz efeitos tóxicos.

Existam raros relatos de reações de hipersensibilidade, como prurido e urticária, entre indivíduos que usaram suplementos na forma injetável.

Leia Também:

portal educação Tiamina: Para Que Serve, Fontes E Quando É Preciso Suplementar.

portal educação Riboflavina: Para Que Serve, Fontes E Sintomas de Carência.

portal educação Niacina: Para Que Serve, Fontes, Benefícios e Carência.

portal educação Ácido Pantotênico: Para Que Serve, Principais Fontes E Deficiência.

portal educação Piridoxina: Funções, Alimentos, Carência e Suplementação.

portal educação Biotina: Para Que Serve, Benefícios Para O Cabelo, Emagrece?

portal educação O Que é o Ácido Fólico, Engorda? Onde Encontrar?

Depois de conhecer a importância da cobalamina, não deixe de incluir alimentos ricos em vitamina B12 no cardápio, para manter seu corpo e mente saudáveis ou busque orientação médica para uma suplementação eficaz.

ANÚNCIO