Curso de entregador para o Mercado Livre – Veja como fazer

Há algum tempo, tem se tornado evidente o número crescente de entregadores nas ruas, realizando o transporte de encomendas do Mercado Livre para os consumidores. No entanto, muitas pessoas ainda não consideraram a possibilidade de se tornarem entregadores também. Essa opção oferece uma oportunidade interessante de renda extra.

Se você ficou interessado, mas ainda tem dúvidas sobre o assunto, não se preocupe. Estamos aqui para ajudar. A proposta deste conteúdo é justamente apresentar cursos que podem aprimorar seus conhecimentos e torná-lo mais preparado e seguro para trabalhar como entregador do Mercado Livre.

ANÚNCIO
Foto: (reprodução/internet)

Para aqueles que ainda estão um pouco confusos, vamos esclarecer tudo ao longo deste texto. Aqui, forneceremos informações atualizadas sobre o trabalho de entregador no Mercado Livre, incluindo quem pode realizar essa atividade, como se candidatar e, ainda, destacaremos os cursos disponíveis para auxiliá-lo nessa jornada. Então, vamos em frente! Continue lendo e não perca essa oportunidade!

  • O que é o programa de entregas do Mercado Livre
  • Saiba o que o entregador do Mercado Livre tem que fazer
  • Os melhores cursos para entregadores do Mercado Livre
  • Faça o cadastro para ser um entregador Mercado Livre

O que é o programa de entregas do Mercado Livre

Desde o ano de 2021, o Mercado Livre lançou o aplicativo Mercado Envios Extra, que possibilita a conexão entre entregadores autônomos, lojistas e clientes. Essa opção se tornou bastante atrativa para diversos perfis, inclusive para aqueles que estão em busca de oportunidades de trabalho.

Foto: (reprodução/internet)

É verdade que os requisitos para se tornar um entregador do Mercado Livre são simples, permitindo que até mesmo aqueles que não têm condições de fazer grandes investimentos possam se beneficiar. Abaixo estão listados os requisitos obrigatórios do aplicativo.

ANÚNCIO

No entanto, é importante ressaltar que o serviço de entrega não possui um curso próprio para os profissionais, apenas um treinamento rápido que é oferecido após o cadastro. Neste conteúdo, vamos mencionar cursos que auxiliarão os novos entregadores nessa jornada de sucesso.

O que é preciso para se tornar um entregador do Mercado Livre

Conforme requisitos do Mercado Livre, os interessados nessa função precisam possuir veículos próprios, que podem ser carros ou motos. No entanto, existem algumas regras: o veículo deve ter até 15 anos de fabricação, estar em bom estado e devidamente registrado nos órgãos de trânsito, como o Detran.

Além disso, é necessário ter habilitação vigente, ou seja, possuir uma carteira de motorista válida. Também é indispensável ter um smartphone com acesso à internet móvel para utilizar o aplicativo do Mercado Livre.

ANÚNCIO

Outro requisito importante é a formalização como Microempreendedor Individual (MEI). O MEI é uma opção de registro para autônomos que permite obter um CNPJ, garantindo um cadastro empresarial. Portanto, para se tornar um entregador do Mercado Livre, é necessário ter um MEI.

Saiba o que o entregador do Mercado Livre tem que fazer

Esse é um tópico simples e fácil de entender, mas muitas pessoas têm dúvidas a respeito. Para se tornar um profissional de entregas no Mercado Livre, é importante ter um entendimento do funcionamento do processo de entrega e estar ciente de que o trabalho consiste em realizar entregas de produtos adquiridos pelos clientes. Vamos explorar esses aspectos a seguir.

Foto: (reprodução/internet)

Ao se inscrever como entregador, você terá a oportunidade de receber ofertas de percursos de entrega, que podem variar desde a retirada de produtos em um depósito até a entrega na residência do cliente. Você terá a liberdade de escolher as entregas que mais se adequam a você, levando em consideração as tarifas e a duração estimada.

Ao aceitar uma entrega, você deverá retirar todos os pacotes em um ponto de coleta previamente combinado e, em seguida, realizar a entrega ao cliente. O aplicativo fornecerá um caminho sugerido, que geralmente é o mais curto e econômico, semelhante ao funcionamento do Uber, mas no contexto de produtos comercializados pelo Mercado Livre.

Descubra quanto dá para ganhar com entregas do Mercado Livre

Antes de iniciar os cursos e a inscrição, é importante mencionar o sistema de remuneração para os entregadores. Não se trata de um salário fixo, pois os ganhos são baseados nas entregas realizadas. Cada serviço possui uma taxa inicial indicada no aplicativo.

O entregador receberá o valor correspondente a todas as entregas efetuadas, e quanto mais entregas realizar, maior será o valor acumulado. De acordo com informações disponíveis no site oficial da empresa, é possível ganhar até R$ 240 por dia.

Os pagamentos são realizados semanalmente na conta do Mercado Pago, que o entregador terá vinculado durante o processo de cadastro. Geralmente, os pagamentos são processados às quartas e sextas-feiras da semana seguinte. Todas as informações e valores podem ser conferidos na seção "ganhos" do aplicativo.

Os melhores cursos para entregadores do Mercado Livre

A partir dessa introdução, será mais fácil entender quais são os cursos mais indicados para um entregador do Mercado Livre. Isso se torna importante, pois é possível encontrar diversas reclamações de clientes em sites como o Reclame Aqui, relatando problemas que tiveram com alguns entregadores.

Foto: (reprodução/internet)

Se ocorrerem problemas durante as entregas, é provável que a empresa seja informada e tome medidas para penalizar o entregador, podendo inclusive excluí-lo da lista de profissionais do Mercado Livre. Portanto, não se trata apenas de retirar e entregar pacotes de mercadorias, mas também de oferecer um excelente atendimento ao cliente.

Pensando nisso, selecionamos uma lista de cursos gratuitos que podem ser de grande ajuda para aqueles que estão em busca dessa oportunidade. Todos esses cursos podem ser realizados online, e ao concluí-los, você estará mais preparado, confortável e seguro para se inscrever como entregador do Mercado Livre.

Como formalizar o seu negócio como MEI

Uma opção de curso recomendada é oferecida pelo Sebrae, no formato online, com duração de apenas 4 horas. Essa é uma excelente opção para quem busca conhecimentos específicos sobre a formalização como Microempreendedor Individual (MEI), requisito obrigatório para se tornar um entregador do Mercado Livre.

Durante as aulas, serão abordados tópicos como os diferentes portes de empresas, suas limitações e os direitos adquiridos ao se formalizar como MEI. Além disso, serão apresentadas reflexões importantes e discutida a importância de desenvolver um plano de ação para a legalização do negócio. Para acessar o curso, clique aqui.

Android para iniciantes

Outra opção de curso que recomendamos é oferecido pelo Ginead, uma plataforma de cursos online amplamente reconhecida no país. O curso aborda o tema do sistema operacional Android, que é relevante por diversos motivos, especialmente porque a maioria dos entregadores utiliza dispositivos móveis com esse sistema para realizar as entregas.

Foto: (reprodução/internet)

Além disso, é importante ter um conhecimento básico sobre os ícones, ferramentas e outros recursos do sistema operacional para agilizar o trabalho. Afinal, ninguém deseja ter que esperar muito tempo até que o entregador registre a entrega, não é mesmo?

O curso está disponível gratuitamente e oferece uma oportunidade de aprender sobre as diferentes funcionalidades do Android, permitindo que os entregadores se familiarizem com as melhores práticas de uso do sistema operacional durante as suas atividades. Isso contribui para uma experiência mais eficiente e ágil na realização das entregas.

Fluxo de caixa para MEI

Outro curso do Sebrae, só que mais voltado para as finanças. Afinal, o MEI entregador precisará ter um conhecimento mais amplo do que simplesmente somar o valor das entregas. É um curso rápido, de somente 3 horas e que também dá certificado ao término das aulas.

As aulas são divididas em módulos, sendo: estruturação do movimento de caixa, controle das entradas e das contas a receber, controle das saídas e contas a pagar, além da projeção de caixa. Na sequência, o que acontece é como um passo a passo financeiro para o MEI se organizar.

Atendimento ao público

Já próximo ao fim, um curso essencial para os entregadores que não pode ser ignorado é o de atendimento ao público. Ele está disponível na plataforma EV, da Fundação Bradesco, e é muito bem recebido pelo público. O curso tem uma duração de 10 horas e é voltado para o nível iniciante, o que significa que é adequado mesmo para aqueles que estão começando nessa área.

Foto: (reprodução/internet)

Ao todo, o curso de atendimento ao público na plataforma EV da Fundação Bradesco é composto por 4 módulos: Ferramentas, Público e Problemas, Como me Comportar e O Atendimento. Cada módulo aborda aspectos específicos relacionados ao atendimento de qualidade.

Habilidades Interpessoais

Por último, temos um curso bastante abrangente, que complementa o de atendimento ao público, focando em diversas habilidades interpessoais necessárias para o trabalho como entregador. Os professores abordam temas como comunicação, personalidade, comportamento e dinâmicas de grupo, entre outros.

Esse curso tem uma carga horária mais extensa, totalizando 30 horas de estudo, o que exigirá mais tempo e dedicação por parte do interessado. A boa notícia é que ele está disponível gratuitamente no site do Pensar Cursos. Além disso, não há requisitos mínimos para iniciar as aulas, o que significa que qualquer pessoa pode participar, independentemente do seu nível de conhecimento prévio.

Faça o cadastro para ser um entregador Mercado Livre

Vimos na primeira parte do artigo os requisitos obrigatórios para se tornar um entregador no Mercado Envios Extra. Em seguida, apresentamos alguns cursos gratuitos que podem ajudar a se sentir mais preparado para esse trabalho.

Antes de encerrar a leitura, é importante mencionar que os interessados em se candidatar ao serviço precisarão baixar o aplicativo do Mercado Envios Extra e realizar o cadastro. O processo de cadastro é simples e requer informações pessoais básicas. Após o cadastro, serão disponibilizados tutoriais e treinamentos para orientar os entregadores. Essas etapas adicionais garantem que os profissionais estejam devidamente capacitados e familiarizados com o sistema antes de iniciar as entregas.