Damasco Seco e Fresco: Calorias, Propriedades e Benefícios

O damasco é uma fruta saborosa e muito nutritiva que pode e deve estar presente na alimentação de quem quer manter ou conquistar a boa forma e ter mais saúde.

Porém, aqui no Brasil não é tão fácil encontrá-lo fresco, então surgem as dúvidas: será que a versão desidratada do fruto também traz benefícios? Tem mais calorias?

Nesse artigo explicamos quais são as diferenças entre o fruto da Prunus armeniaca seco e fresco, suas propriedades e benefícios.

Damasco seco e damasco fresco: diferenças

O damasco seco contém menos água que a fruta fresca. Isso faz com que haja uma concentração   de nutrientes, incluindo os açúcares.

Por isso, a grande diferença entre uma versão e outra é o valor calórico por porção. 100 gramas de damasco desidratado contêm aproximadamente 130 calorias, enquanto no fruto fresco esse número baixa para aproximadamente 53 calorias.

PROPAGANDA

Damasco seco e fresco

O que ocorre é que, após perder água, há uma redução de tamanho e peso em qualquer fruta. Logo, quando comemos uma porção de fruta seca, a quantidade equivale ao dobro ou triplo de unidades frescas.

Quanto aos percentuais de micronutrientes, como vitaminas e minerais, há uma pequena redução, principalmente em relação à vitamina C.

Por outro lado, o processo de desidratação aumenta a durabilidade da fruta. No Brasil, praticamente todo o damasco comercializado é importado, por isso é muito mais fácil encontrá-lo seco. Entretanto, também é possível achar a fruta fresca em grandes redes de supermercados e hortifrútis.

Tanto o damasco fresco quanto o seco são saudáveis e devem fazer parte da alimentação de quem deseja emagrecer ou manter o peso e prevenir doenças.

O importante é ter em mente as diferenças de valor calórico entre as versões, para que o consumo seja feito de forma equilibrada.

Propriedades do damasco seco e fresco

Damascos frescos e secos são ricos principalmente em fibras, potássio, ferro e vitamina C (principalmente os frutos frescos). Contêm ainda boas quantidades de betacaroteno, licopeno e ácido elágico.

A fibra solúvel pectina, presente em sua composição, atua na redução dos níveis de LDL, tipo de colesterol ligado à obstrução das artérias, conhecido como “mau colesterol”. O consumo de pectina contribui para a prevenção de doenças cardiovasculares e manutenção de níveis saudáveis de glicose no sangue.

Propriedades do damasco

O potássio é um mineral de extrema importância para o organismo, que atua nas funções musculares, sistema nervoso e metabolismo. Também ajuda a controlar a pressão arterial e a manter os ossos fortes.

Já o ferro é fundamental para que o oxigênio seja transportado através do sangue. Consumir alimentos ricos nesse mineral é importante para prevenir e tratar a anemia.

A vitamina C é um importante antioxidante que fortalece o sistema imunológico, facilita a absorção de ferro pelo organismo e participa da síntese de colágeno.

O ácido elágico, por sua vez, é um polifenol com ação antioxidante. Estudos sugerem que essa substância pode prevenir o surgimento de alguns tipos de câncer e ajudar a prevenir doenças cardiovasculares.

O betacaroteno é um precursor de vitamina A no organismo (ou seja, se transforma nesse micronutriente após ser ingerido) e tem ação antioxidante.

E o licopeno, assim como o betacaroteno, é um carotenoide, com ação relacionada à prevenção do câncer e doenças cardiovasculares.

Vale mencionar que o licopeno, a pectina e o betacaroteno são melhor absorvidos pelo organismo quando o damasco (seco ou fresco) é consumido cozido

Damasco seco e fresco: benefícios

O consumo de damascos secos ou frescos proporciona diversos benefícios à saúde, entre quais destacam-se:

Damasco seco e fresco beneficios

  • Fortalece os olhos. O consumo da fruta auxilia na prevenção de diversos problemas oculares, incluindo a degeneração macular, que pode levar à perda de visão.
  • Combate os radicais livres. Os antioxidantes contidos no fruto previnem ou neutralizam os danos que o excesso de radicais livres provoca no organismo. Entre tais danos estão o surgimento de vários tipos de câncer e o envelhecimento precoce.
  • Deixa a pele mais saudável e bonita. Diferentes substâncias contidas no fruto, como vitamina C e fitonutrientes, fortalecem o tecido cutâneo, tornando-o mais resistente contra agressões externas e com uma aparência mais lisa e luminosa.
  • Ajuda a controlar o apetite. O alto teor de fibras do damasco (especialmente na forma desidratada) proporciona saciedade prolongada, sendo uma excelente opção de lanche saudável.
  • Melhora a digestão. As fibras contidas na fruta também são importantes para melhorar o funcionamento intestinal, prevenindo a prisão de ventre.

Como vimos, o damasco é uma fruta que traz muitos benefícios à saúde e deve ser incluída numa alimentação equilibrada. A fruta seca tem mais calorias por porção do que quando consumida in natura, mas é igualmente benéfica. Inclusive, no fruto seco há uma concentração de certos nutrientes.

Já o damasco fresco é menos calórico e possui níveis mais altos de vitamina C. Mas, infelizmente, não é fácil encontrá-lo no Brasil. A conclusão é: fresca ou desidratada, o importante é não deixar de consumir essa fruta amiga da saúde!

PROPAGANDA