Senac abre vagas em 67 cursos técnicos e de formação continuada gratuitos

ANÚNCIO

O Senac-DF está com inscrições abertas em 67 cursos técnicos, de formação inicial e continuada. São mais de 3 mil vagas em cursos gratuitos, sendo o programa voltado para população de baixa renda.

Para quem se interessar, as inscrições são feitas pelo site e estarão disponíveis até o dia 27 de janeiro, ou até o preenchimento completo das vagas ofertadas e do cadastro reserva. As aulas do Senac estão previstas para começar em fevereiro.

ANÚNCIO
Senac abre vagas em 67 cursos técnicos e de formação continuada gratuitos
Fonte: (Reprodução/internet)

Cursos presenciais e remotos

De acordo com o Senac-DF, cada pessoa poderá se candidatar em até dois cursos, desde que eles sejam ofertados em turnos diferentes, como um matutino e outro vespertino. Conforme o curso escolhido, as aulas já irão iniciar em fevereiro, podendo ser presenciais nas unidades listadas abaixo:

  • 903 Sul;
  • Ceilândia;
  • Gama;
  • Setor Comercial Sul;
  • Sobradinho;
  • Taguatinga;
  • Ações móveis (entidades parceiras).

Ainda de acordo com a instituição e o seu edital, em virtude da pandemia e para conter o aumento de contágio, é previsto que algumas atividades sejam realizadas a distância ou atividades flexíveis, entre presencial e remoto. 

Requisitos para inscrições

As 3.421 vagas nos cursos técnicos e de formação continuada no Senac-DF são destinadas a pessoas de baixa renda. Assim, de acordo com o edital, é preciso que o candidato possua renda familiar per capita de até dois salários mínimos. Além de:

ANÚNCIO
  • Ter a escolaridade exigida de acordo com o curso escolhido;
  • Ter a idade mínima ou superior exigida pelo curso.
Senac abre vagas em 67 cursos técnicos e de formação continuada gratuitos
Fonte: (Reprodução/senac)

A classificação dos candidatos seguirá os critérios de atendimento às exigências de acesso, ordem de inscrição e a quantidade de vagas ofertadas no curso. Além disso, quem desistiu de algum curso do Programa Senac de Gratuidade (PSG) em menos de um ano não poderá participar.

A lista com os resultados das inscrições será divulgada no site do Senac, no dia 1° de fevereiro. Aqueles que forem contemplados com as vagas, as matrículas ocorrerão no dia 5 de fevereiro.

Cursos técnicos ofertados

  • Técnico em Administração
  • Técnico em Secretaria Escolar
  • Técnico em Secretariado
  • Técnico em Contabilidade
  • Técnico em Nutrição e Dietética
  • Técnico em Farmácia
  • Técnico em Logística.

 Cursos de formação inicial e continuada

  • Administrador de Banco de Dados
  • Açougueiro
  • Análise de Faturamento de Serviços de Saúde
  • Design de Sobrancelhas
  • Cabeleireiro
  • Confeiteiro
  • Garçom
  • Maquiador.

Além dos setores listados acima, há outras modalidades em ambos estilos de cursos na plataforma da instituição, para conferir a lista completa, quantidade de vagas e requisitos, basta acessar o edital publicado pelo Senac.

Cursos mais buscados no Senac

O Site Via Carreira, elaborou uma lista com os cursos mais procurados pela população  no Senac. Entre eles estão o curso de maquiador, confeitaria e cabeleireiro. Sendo estas as três profissões mais crescentes nos últimos anos. 

No setor de confeitaria, eles detém 25% da área de panificação, tendo o bolo como o 4° produto mais vendido. Além de possibilidade, há a opção de atuar de forma autônoma, com dedicação e treinamento, os lucros podem chegar até R$6000 por mês, de acordo com o site R7 Notícias.

No setor da beleza, os maquiadores têm se destacado cada vez mais, podendo trabalhar em seu próprio estúdio ou com atendimento a domicílio, o profissional da área chega a cobrar mais de R$200 por cada serviço. 

Aos cabeleireiros, uma profissão difícil de ser deixada de lado, o profissional pode realizar cortes, tintura, alisamento, aplicação de cabelos, entre outros. Atuando principalmente nos fins de semana, aqui o lucro varia bastante de acordo com a região, mas há serviços de coloração que podem chegar a R$300 ou R$700.

References

site do Senac

site R7 Notícias.Com “escritório” em casa, confeiteiros chegam a ganhar R$ 6.000 por mês – Economia – R7

edital

ANÚNCIO