Curso de confeitaria pelo celular e grátis: veja como se inscrever

O confeiteiro é o profissional que pode trabalhar produzindo delícias. É isso mesmo: considere que ele é o responsável por fazer bolos maravilhosos que a gente vê nas padarias, restaurantes, trailers e outros lugares. Se você gosta de cozinhar, pode ser um ótimo caminho para seguir carreira.

Com o sucesso de programas e novelas na televisão, a profissão ganhou ainda mais destaque nos últimos dias. Da Maria da Paz da novela “A Dona do Pedaço” até o programa Cake Off Brasil, do SBT, a gente tem muitas histórias de sucesso de confeiteiros que ganharam muito dinheiro.

ANÚNCIO
Curso de confeitaria pelo celular e grátis: veja como se inscrever
Foto: (reprodução/internet)

E o que isso tem a ver com este conteúdo? Aqui vamos mostrar como é possível estar apto para trabalhar no mercado através do estudo. Os cursos para confeiteiros são indicados para que você possa dar esse passo na sua vida. E a melhor notícia é: tem opção de curso gratuito.

  • O que um confeiteiro iniciante precisa saber
  • Qual o salário de um auxiliar de confeitaria
  • Qual o valor de um curso para confeitaria
  • Como fazer o curso de confeiteiro
  • Como emitir o certificado digital do curso de confeiteiro

O que um confeiteiro iniciante precisa saber

Pode ser que, em algum momento da vida, você pense na possibilidade de se tornar um confeiteiro. O motivo pode variar: da oportunidade de um emprego até mesmo a vontade de trabalhar com isso, conforme os reality shows que são tão famosos no Brasil. O Cake Off Brasil, por exemplo, já teve oito temporadas e é um sucesso.

Curso de confeitaria pelo celular e grátis: veja como se inscrever
Foto: (reprodução/internet)

O fato é que alguns temas precisam ser de seu conhecimento para dar esse passo na vida profissional. Por exemplo, conhecer os instrumentos de trabalho, como balanças, medidores, tigelas, raladores, peneiras, espátulas e assim por diante.

ANÚNCIO

Sobre os pratos que podem ser vendidos em uma confeitaria, isso também é importante porque a variação é grande: dos salgados aos bolos, sucos e cafés, entre tantos outros. E, claro, é preciso ter o interesse por aprender a fazer cada um deles.

Como começar um negócio de venda de bolos

Não faz muito tempo que a Rede Globo lançou uma novela que fez o maior sucesso com a ideia da venda de bolos. “A Dona do Pedaço” teve a atuação fantástica da Juliana Paes e valorizou o papel dos profissionais que atuam na confeitaria. Para muitos, essa foi a maior novela da Globo dos últimos tempos.

Mas, aí vem aquela pergunta: como começar um negócio de bolos e ter lucro? Aqui também entra a importância de escolher um bom curso de confeiteiro. Porque além de aprender sobre instrumentos e técnicas de preparo, ele pode contar com dicas de empreendedorismo.

ANÚNCIO

Até mesmo porque iniciar um novo negócio exige investimento e estudo de custos, o que vai levar em conta o projeto e a ideia que você tem por trás disso. Há opções de franquias assim como tem oportunidades para parcerias e até mesmo conceitos inovadores no mercado.

Qual é o salário de um auxiliar de confeitaria

Já que tocamos no assunto de abrir um negócio e encontrar vagas para confeiteiros, uma boa observação é avaliar que esse mercado tem crescido muito. Um auxiliar de confeitaria, por exemplo, que ainda não tem a expertise para ser confeiteiro titular, recebe mais de R$ 1,2 mil.

Curso de confeitaria pelo celular e grátis: veja como se inscrever
Foto: (reprodução/internet)

Essa é a média brasileira conforme os vários sites de emprego no Brasil. Mas, isso pode variar com base em vários pontos. Por exemplo, com relação ao horário de trabalho. Um confeiteiro brasileiro que trabalha 44 horas por semana recebe mais do que R$ 1,6 mil no mês.

O salário é considerado bom, já que fica acima da média do salário mínimo. Vale considerar mais um detalhe: o confeiteiro e seus auxiliares podem criar diversos pratos, entre doces e salgados. E na lista dos preferidos dos consumidores, temos: doces, biscoitos, sorvetes, caldas, cupcakes, brigadeiros, recheios, coberturas e muito mais variedades.

Quanto ganha quem trabalha em padaria

É curioso notar um fato. Muitos confeiteiros começam a vida profissional em uma padaria, ainda que esse não seja o único ambiente disponível para a atuação dele. O fato é que um balconista de padaria costuma ganhar um salário mínimo, que hoje está em pouco mais do que R$ 1 mil no mês.

Logo, o curso de confeitaria pode propiciar para os profissionais uma chance de crescimento dentro da padaria, onde ele será responsável por várias ações. Além da padaria, outros estabelecimentos que contratam confeiteiros são: supermercados, docerias, restaurantes, etc.

Aliás, temos uma reflexão: sabe a diferença entre doceiros e confeiteiros? Na verdade, não muita. Ainda assim, a classificação pode permitir um entendimento que confunde as pessoas. O doceiro, geralmente, faz só pratos e alimentos doces. O confeiteiro é mais variado, podendo diversificar suas obras de arte na cozinha.

Qual é o valor de um curso para confeitaria

A partir de toda essa introdução, uma dúvida que pode surgir é: fazer um curso de confeitaria é muito caro? Na verdade, não. Aliás, depende. Isso porque ele pode variar entre o que é gratuito e o que é mais caro, pode passar de R$ 1 mil.

Curso de confeitaria pelo celular e grátis: veja como se inscrever
Foto: (reprodução/internet)

Na internet, existem muitos cursos de confeiteiro grátis. E um deles é do Ginead. Ginead é um Instituto que oferece cursos online sem custo. No entanto, há a cobrança para quem quiser emitir o certificado. De todo modo, as aulas são totalmente online e podem ser assistidas pelo celular, inclusive.

Isso porque a metodologia é totalmente pensada nesse novo ambiente, que é totalmente tecnológico. Os materiais são didáticos e totalmente adaptados para a o mundo online, sendo que ficam liberados para download ou podem ser impressos, para quem preferir.

Como fazer curso de confeiteiro gratuito

No caso do curso do Ginead, que possui 60 horas, a inscrição é simples. Na página inicial, a pessoa poderá ver tudo sobre a descrição desde o preço até horas e o conteúdo programático. Aliás, é bem interessante notar as disciplinas que compõem esse estudo.

Entre elas, a história do confeiteiro, o açúcar, os instrumentos, as boas práticas, a cozinha, o confeiteiro nos dias atuais, as massas, os merengues, os cremes, os mousses, o chocolate e os gelados. E tem até dicas de empreendedorismo para quem quer trabalhar por conta própria.

Na última parte existe um tipo de lembre ou de revisão, sendo que o capítulo é chamado de “revendo os meus conhecimentos”. Com isso, dá para garantir que o estudante aprendeu tudo o que é mais importante sobre a profissão, o papel e os preparos do confeiteiro.

O curso de confeiteiro é para mim

Se você gosta de cozinhar, tem motivo o suficiente para fazer esse curso online. Até porque ele é gratuito e se você não quiser imprimir o seu certificado não terá custo algum. Para quem foca em ser um confeiteiro profissional, é ainda mais indicado porque torna o profissional habilitado para o mercado.

Curso de confeitaria pelo celular e grátis: veja como se inscrever
Foto: (reprodução/internet)

Como vimos acima, o salário de um auxiliar de confeiteiro ou alguém que trabalha na padaria pode ser maior se a pessoa começar a atuar como titular do cargo. Então, há nele a chance de crescimento, inclusive, essa experiência é fundamental na hora de ter o negócio próprio.

Além de padarias, o profissional pode atuar em outros lugares e a especialização conta na hora de conseguir um emprego no concorrido mercado de trabalho. Mais do que pilotar o fogão e preparar o forno, você pode saber mais, pode saber tudo da cozinha.

Como emitir o certificado digital do curso de confeiteiro

Para os estudantes que querem usar o certificado no portfólio ou no currículo existe sim a opção. Porém, ainda que o curso seja totalmente gratuito, o documento terá o custo de R$ 39,70. Mas, observe: ninguém é obrigado a fazer esse pagamento, somente quem quiser o certificado. Para isso, basta acessar o curso e ir em “certificados” após a conclusão do estudo.

Para que serve o certificado? Entre tantas vantagens dele, uma delas é o fato de que comprova a qualificação profissional da pessoa, podendo ser um instrumento importante para trazer diferenciais para o mercado de trabalho. Há quem use como horas extracurriculares também.

O certificado do Ginead vale em todo o Brasil. Ele já foi usado, em algumas situações, como gratificações adicionais para o plano de carreira de pessoas. Assim como para prova de títulos e seleções de bolsas de estudo em outras instituições de ensino. Ou seja, tem bastante utilidade.

Outros cursos para quem gosta de cozinhar

Se você se interessou por esse curso de confeiteiro porque sentiu confiança na Ginead, leve em conta que há outros cursos para quem gosta de cozinhar. Por exemplo, curso de cozinheiro e de padeiro. Ambos com 60 horas de estudo e grátis. Também pode ser feito pelo celular, desde que se tenha acesso à internet.

Eles possuem ótimas notas de recomendação no site, sendo que mais de 48 mil pessoas já fizeram esses cursos e a maioria o recomendam. Para se ter ideia, as notas são acima de 4,7 estrelas de um total de 5. O modelo de estudo é o mesmo, mas o que mudam são as aulas.