Concurso da Anvisa – O que é preciso para se inscrever

A Anvisa é a Agência Nacional de Vigilância Sanitária. E o concurso da Anvisa é um dos mais conhecidos do país. Os especialistas na área e alguns senadores dizem que para o próximo ano a abertura do edital é totalmente necessária porque há a necessidade de contratação rápida.

Para se ter uma ideia dessa urgência, como o novo edital ainda não foi lançado, um certame foi envolvido no Congresso Nacional para que o orçamento seja aprovado mais rápido. Agora, a última notícia diz que está nos planos do Ministério da Economia para 2023.

Concurso da Anvisa - O que é preciso para se inscrever
Foto: (reprodução/internet)

A ideia deste conteúdo é falar não apenas do lançamento de um novo concurso para trabalhar na Anvisa, mas especialmente dar dicas para quem quiser ir bem nas provas. E, obviamente, como está no título, você também vai aprender os passos para se inscrever online.

  • O que é a Anvisa;
  • Quando será o concurso da Anvisa;
  • Vale a pena trabalhar na Anvisa;
  • Quem pode fazer o concurso da Anvisa;
  • Como estudar para o concurso público da Anvisa.

O que é a Anvisa

A Anvisa é a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, uma empresa responsável por regulamentar e criar normas para várias atividades do país. Especialmente, com relação ao controle sanitário e a fiscalização de portos, aeroportos e fronteiras.

ANÚNCIO
Concurso da Anvisa - O que é preciso para se inscrever
Foto: (reprodução/internet)

Ela foi criada em 1999, sendo que fica sediada em Brasília, no Distrito Federal. O atual presidente é o Antônio Barra Torres. E vale lembrar que a Anvisa é a unidade federal responsável por toda a vigilância sanitária disponível no país, como em órgãos municipais.

A Anvisa é muito temida pelas pessoas, que têm a impressão de que o órgão serve apenas para dar multas e fechar estabelecimentos comerciais. Mas, não é verdade. O papel da Anvisa é muito importante para o controle sanitário de um país, em várias áreas.

O que precisa para trabalhar na instituição

A forma de iniciar a carreira na instituição é através do concurso público. E hoje em dia, essas provas são uma das mais disputadas pelo fato de que o trabalho nessa empresa é muito bem avaliado, com ótimos salários e benefícios. Neste conteúdo, descubra tudo sobre isso.

ANÚNCIO

Para se ter uma ideia, os cargos iniciantes, ou melhor, que exigem apenas o ensino médio começam com salários acima de R$ 7.000,00, sem contar os benefícios. Quanto aos cargos de ensino superior, aí vai depender de cada área, função e o edital.

Além disso, considere que na internet dá para ver que quem trabalha na Anvisa gosta. Logo, é uma boa empresa, dizem as pessoas. No Glassdoor, por exemplo, a nota de avaliação dos funcionários e ex-funcionários é de 3,9 de um total de 5.

Quando será o concurso da Anvisa

O novo edital para o concurso público da agência não deve passar de 2023, acreditam as fontes. Mas, saiba que a informação é do Senador Humberto Costa, que é coordenador do grupo de trabalho da saúde no chamado Gabinete de Transição.

ANÚNCIO
Concurso da Anvisa - O que é preciso para se inscrever
Foto: (reprodução/internet)

Uma informação interessante é: atualmente, a Anvisa tem mais de 1.600 funcionários, mas acredita que mais de 600 estão em falta. Ou seja, é um alto número. No entanto, sem edital, ainda não tem o número de vagas definido, mas deve ser alto.

Portanto, para quem está disposto, vale a pena pegar firme nos estudos para quando o edital for aberto já estar mais preparado. A partir deste tópico, vamos trazer pontos importantes sobre a prova da Anvisa, as etapas e algumas dicas de estudo que podem fazer a diferença.

Como funciona a prova

A prova do concurso público da Anvisa segue os mesmos padrões de outras empresas e órgãos. Assim sendo, são questões relacionadas a cada tema. E sempre tem a de português e matemática. O que muda na prova da Anvisa?

As disciplinas que entram na prova da Anvisa que são bastante características com relação à regulação e leis. Por exemplo, regulação e administração pública, vigilância sanitária e saúde pública, além de direito constitucional.

Além dos temas básicos e das disciplinas ligadas à Anvisa, lembre-se que também tem as provas de língua estrangeira, especialmente para cargos de nível superior. Ou seja, dependendo do cargo é preciso saber mais do que o básico do inglês.

Vale a pena trabalhar na Anvisa

Acima falamos sobre o Glassdoor, mas também tem outros sites que mencionam a experiência das pessoas que já trabalharam ou trabalham na Anvisa. Um deles é o Indeed. Sendo assim, ele diz que a grande maioria dá nota máxima para o emprego na Anvisa.

Concurso da Anvisa - O que é preciso para se inscrever
Foto: (reprodução/internet)

E os destaques passam por temas como trabalho e lazer, gestão, cultura, remuneração e benefícios, além da estabilidade. Um dos últimos comentários publicados foi: “estágio tranquilo, ambiente agradável, horário flexível, ótima empresa”.

Principais dúvidas sobre o trabalho

Também na internet, encontramos as principais dúvidas que as pessoas têm sobre o ambiente de trabalho na Anvisa e o plano de carreira. Primeiro, considere que a roupa tem que ser casual para quem trabalha internamente, sendo calça jeans e camisetas, por exemplo.

Já para quem busca o plano de carreira, considere que se trata de concurso público, o que quer dizer que há o plano pré-estabelecido no edital. Em média, as pessoas trabalham 6 horas por dia na Anvisa. Mas, para algumas funções dá para trabalhar até 8 horas por dia.

O que precisa para trabalhar na Anvisa depois do concurso? Após passar no concurso, em todas as etapas, as pessoas serão convocadas para atuar na Anvisa. No entanto, considere que ser dinâmico, pontual e prestativo vai facilitar a relação profissional no ambiente de trabalho.

Quem pode fazer o concurso público

Conforme as informações preliminares, haverá mais de 100 vagas abertas para trabalhar na Anvisa a partir do próximo edital. A maioria para pessoas com o nível superior completo e outra parte para funções que exigem apenas o ensino médio, como de técnico administrativo.

Concurso da Anvisa - O que é preciso para se inscrever
Foto: (reprodução/internet)

Um salário de um agente da Anvisa pode chegar a R$ 15.516,12. Enquanto isso, um técnico do ensino médio pode ganhar metade disso, sendo de R$ 7.474,67 para um técnico administrativo e R$ 7.846,37 para técnico em regulação.

Falando em renda, considere que com base no Plano de Cargos e Salários da Anvisa de 2017, o salário inicial indicado foi de R$ 13.807,57 para um auditor. É importante considerar que a revisão acontece anualmente ou a cada 2 anos.

Qual é a média salarial dos concursados

Além dos cargos mencionados acima, vale a pena considerar que há outras funções que interessam muito as pessoas que concorrem, conforme o edital. Por exemplo, um especialista em regulação tem salário acima de R$ 15.058,12, podendo chegar até R$ 21.036,46.

E vale levar em conta também que existem as áreas de atuação da Anvisa. Por exemplo, medicamentos, alimentos, cosméticos, saneantes, produtos para a saúde, segurança do paciente e outros serviços da saúde. É uma agência sempre citada no noticiário.

Só que para conseguir passar no concurso da Anvisa, uma boa ideia é estudar muito e de forma disciplina. E é sobre isso que veremos abaixo. Inclusive, há cursos com muitas cargas horárias e preços variados para quem quer criar uma estrutura dinâmica dos estudos.

Como estudar para o concurso público da Anvisa

O último concurso público da Anvisa foi em 2016 e por isso ele é usado como fonte de estudos para o novo edital que será lançado em breve. Possivelmente, em 2023. Assim, serve como simulação. A primeira dica é sobre conhecer a banca organizadora.

Concurso da Anvisa - O que é preciso para se inscrever
Foto: (reprodução/internet)

Naquele ano, a seleção, organização e planejamento ficou por conta do Cebraspe (Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos). A partir disso, dá para coletar algumas dicas importantes para estudar com eficiência.

De maneira geral, uma boa fórmula para estudar para a Anvisa, considere incluir nesse planejamento todas as matérias que caem na prova. Além disso, criar a rotina de estudos. Assim, ao conseguir conciliar tempo com outras tarefas é essencial para o sucesso.

Os principais insights para estudar

Além dessas dicas práticas e que vale para todo tipo de estudo, considere alguns insights que vêm de situações reais e pessoas que tiveram sucesso nas provas. Por exemplo, a análise minuciosa do edital porque ali tem vários pontos que podem determinar o sucesso na prova.

Além disso, vale muito a pena fazer as provas dos concursos anteriores. Essa é uma forma incrível de fazer um tipo de simulação. Além da Cespe, considere que outras empresas podem ser a responsável pelas provas da Anvisa, como a ESAF.

Por fim, os mapas mentais. Eles são como estratégias que podem ser usadas durante o estudo para concurso. Cada pessoa pode criar o seu mapa mental, sendo que usar cores e canetas diferentes ajuda demais nessa hora. Seja criativo.

Como funciona a avaliação de títulos

Para os cargos de Analista e Especialista, inclusive, tem uma espécie de segunda etapa, que é chamada de Avaliação de Títulos e Curso de Formação. Essa avaliação é classificatória, ao passo que o total tem um limite de 20 pontos.

Logo, doutorado na área vale 10 pontos. Já o mestrado completo na área vale 5 pontos. As especializações na área valem até 5 pontos, mas cada valor unitário é de 2,5 pontos. E tem ainda o título de experiência profissional, que vale até 5 pontos, sendo que cada ano completo é 1 ponto.