Bolsa de Estudo em Universidades estrangeiras

ANÚNCIO

Conseguir estudar fora é o que muitos universitários sonham em fazer, seja pela experiência, para especialização ou pesquisa do curso. Até por que, ter a oportunidade de estudar fora pode abrir muitas portas para seu futuro profissional. 

Contudo, os custos para estudar numa Universidade estrangeira podem ser exorbitantes, principalmente se a moeda do país de destino estiver mais valorizada. Isso faz com que as bolsas de estudos seja a porta para ser possível alcançar este objetivo. 

ANÚNCIO

Por meio do seu desempenho acadêmico e nível de fluência em determinado idioma, é como algumas universidade estrangeiras avaliam seus candidatos para terem a oportunidade de estudar lá, além de provas específicas de acordo com a área que se deseja. 

Bolsa de Estudo em Universidades estrangeiras
Fonte: (Reprodução/internet)

Quer saber quais Universidade estrangeiras oferecem bolsas de estudos para os brasileiros? Então continue lendo esse artigo e fique sabendo como funciona.

Estudar no Japão 

Quando a pessoa pensa no país asiático, já lhe vem à cabeça alternativas de estudo voltadas a tecnologia, porém no Japão é possível também se candidatar à vagas de estudo para áreas de ciências humanas, direito e economia.

ANÚNCIO

Para ajudar os jovens brasileiros que buscam estudar no país, o governo japonês oferece as bolsas MEXT (do Ministério da Educação, Cultura, Esportes, Ciência e Tecnologia do Japão), através da Embaixada do Japão .

A bolsa garante ao aluno a isenção das parcelas de anuidade dos cursos, também paga a passagem de ida e volta para o país, curso de língua japonesa e uma quantia para que o estudante consiga se manter no país.

O valor varia entre 3 e 5 mil reais mensais, dependendo do local que o estudante irá ficar e o seu nível que ele escolher. Para saber mais sobre a prova e datas você pode acessar o site da Embaixada, e também o Kotoba, lá é falado tudo sobre estudar no Japão.

Modalidades das bolsas

Para graduação por exemplo, é preciso ter entre 17 e 24 anos, a duração é de cinco r deve-se ter bom domínio da língua inglesa ou japonesa. Também é importante ter um bom domínio em matemática para realizar a prova. Vale dizer, que ainda existe a possibilidade do aluno ganhar dinheiro.

Quem procura curso profissionalizante são 3 anos de bolsa de estudo, sendo 1 ano dedicado ao estudo da língua japonesa. E para nível técnico as áreas disponíveis são destinadas majoritariamente para exatas, com duração de 4 anos.

Estudar na França

Bolsas de estudo na França oferecem pagamento parcial da mensalidade por parte do governo. Vale ressaltar, que suas instituições de ensino são referências em diversas áreas, que abrangem da área de engenharia até às ciências sociais, como a Sorbonne e a Sciences Po. 

Há a Bolsa Émile Boutmy para os estudantes que querem cursos de graduação e pós na universidade Sciences Po, uma das mais respeitadas para estudos sociais e políticos do mundo. A bolsa pode variar entre 3 mil e 12,3 mil euros por ano.

Já a Bolsa Eiffel é destinada para alunos de direito, economia e gestão, ciências políticas e engenharia, com bolsa de 1.181 euros para o Master e de 1.400 euros para o Doutorado. Para mais informações você pode acessar o site do Campus France Brasil. Lembre-se, ter o diploma de proficiência do idioma, francês, facilita no processo. 

Bolsa no Canadá

Na Universidade de Calgary está com inscrições abertas até 1 de Dezembro, para começar estudar no segundo semestre de 2021, pelo programa de bolsas International Entrance Scholarships. 

O valor da bolsa é de 60 mil dólares canadenses, que é dividida ao longo do curso, os quatro anos. A Universidade de Toronto também conta com o programa de bolsas Lester B. Pearson, ela oferece bolsas integrais de graduação.

Bolsa de Estudo em Universidades estrangeiras
Fonte: (Reprodução/internet)

As inscrições estão disponíveis até o dia 30 de novembro, e os alunos contemplados recebem uma ajuda financeira para a tuition e taxas da universidade, além de acomodação e livros didáticos, ao longo da graduação. 

Para ficar de olho

Vale dar uma olhada também nas bolsas oferecidas por universidades dos países Nórdicos, como Suécia, Dinamarca e Islândia. Geralmente eles oferecem uma bolsa para o estudante em cima do valor da mensalidade.

Em caso de pesquisadores, o governo paga um salário para o estudante. Outros países também bastante procurados pelos brasileiros são Portugal, Estados Unidos, e países da Europa, como Reino Unido. Para conferir outras bolsas acesse aqui.

ANÚNCIO