Sal de Ervas: Benefícios, Receita e Como Fazer em Casa.

Sal de Ervas: Benefícios, Receita e Como Fazer em Casa.
5 (100%) 2 votes

A Hipertensão Arterial é uma das doenças que mais mata no mundo. De acordo com a Sociedade Brasileira de Hipertensão (SBH), atualmente temos mais de 17 milhões de hipertensos no Brasil e, em 2025 teremos 80% a mais.

São números assustadores, mas que podem ser melhorados apenas com algumas simples mudanças de hábito, especialmente na alimentação. Por exemplo, passar a utilizar o sal de ervas, que contém uma quantidade menor de sódio, é uma das mudanças que pode fazer muita diferença.

O papel do sódio na hipertensão

Muito se fala sobre a hipertensão arterial e o sódio, mas o que eles têm em comum? Por que um está relacionado ao outro?

O sódio, popularmente conhecido como sal de cozinha, está intimamente relacionado com o aumento da pressão. É claro que nem mesmo os hipertensos devem deixar de consumir esse mineral, pois ele é importantíssimo para a saúde. O problema está, na verdade, no exagero, ou seja, na quantidade diária utilizada.

O grande problema do sal está no fato dele reter líquidos. Assim, quando há muito cloreto de sódio disperso na corrente sanguínea, mais líquido tende a se acumular nos vasos para equilibrar a presença de soluto (sódio) e solvente (água). É assim que a pressão alta começa a se desenvolver.

Não estamos dizendo que essa é a única causa, afinal de contas, as causas da hipertensão arterial são muitas como fatores de hereditariedade, hábitos de vida, sedentarismo, entre outros. O uso de sal é um desses fatores, mas, se controlado, consegue fazer uma diferença significativa.

O que é sal de ervas

O sal é adicionado aos alimentos para dar sabor, mas existem outras formas de fazer isso sem precisar tanto desse ingrediente. É possível reduzir a quantidade do sódio e, no lugar, colocar diversos tipos de ervas como orégano, alecrim, salsinha, manjericão e tantas outras que podem ser adicionadas de acordo com o seu gosto.

O que é sal de ervas

Os benefícios do sal de ervas para a saúde

Usar os sal de ervas oferece inúmeras vantagens a médio e longo prazo e se você quer ter qualidade de vida, devia fazer essa troca. Veja abaixo todos os benefícios que esse tipo de sal consegue oferecer.

Consumo menor de sódio

Esse, é claro, é o benefício mais óbvio, mas também o mais importante. Afinal de contas, é a presença exagerada de sódio que também faz a pressão arterial subir. Portanto, se você já é hipertenso ou apresenta alguma predisposição para desenvolver a doença, devia mudar o sal comum pelo sal de ervas agora mesmo!

A quantidade ideal de sal para um adulto, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS) é de menos de 5 gramas ao dia, o equivalente a uma colher de chá rasa. O problema é que consumimos bem mais do que isso: uma valor médio de 12 gramas diárias!

O sal de ervas é uma excelente alternativa. Você pode colocar a quantidade recomendada de sal pela OMS e completar com as ervas.

Evita outros problemas de saúde

A hipertensão arterial não é o único problema de saúde causado pelo excesso de sódio na dieta. Há outros como a insuficiência renal e demais problemas cardiovasculares.

A insuficiência renal é caracterizada por uma perda de capacidade repentina de os rins filtrarem os fluidos corporais como os sais minerais e o sangue. Por conta disso, a composição química do sangue se modifica afetando outros sistemas do corpo como o pulmonar.

A hipertensão pode provocar outras situações mais graves como o infarto cardíaco e o Acidente Vascular Cerebral (AVC), mais conhecido como derrame.

O sal de ervas possui maior número de nutrientes

Dependendo da quantidade de ervas e da variedade, você consegue ter um mix de nutrientes.

Vejamos alguns benefícios de algumas plantas que podem ser utilizadas no sal de ervas:

  • Orégano: ajuda a reduzir as taxas de colesterol ruim, atua como agente antioxidante, como agente anti-inflamatório, ajuda no combate de fungos e bactérias e é rico em fibras;
  • Alecrim: ajuda no combate a doenças do aparelho respiratório, equilibra a pressão arterial, auxilia na digestão, elimina as toxinas por ser diurético, diminui a formação de gases e combate o estresse;
  • Manjericão: alivia a tosse, fortalece o sistema imune, melhora a visão e a pele, é coadjuvante no tratamento de problemas estomacais, alivia a dor de cabeça, auxilia na remoção de pedras nos rins, entre outros benefícios;
  • Salsa: evita a formação de coágulos (essencialmente importante, pois evita um AVC isquêmico), ajuda a combater a artrite, rejuvenesce a pele, diminui a pressão arterial, controla os níveis de açúcar no sangue, entre outros.

Podemos notar que muitas dessas ervas também oferecem diversos benefícios para o sistema cardíaco, também diminuindo a pressão arterial e evitando maiores consequências.

Receita de sal de ervas

Veja abaixo como fazer um excelente sal de ervas para deixá-lo à mesa em todas as refeições:

Receita de sal de ervas

Ingredientes:

  • 200 gramas de sal comum;
  • 1 pacote de alecrim;
  • 1 pacote de manjericão;
  • 1 pacote de orégano;
  • 1 pacote de cheiro verde;
  • 1 pacote de manjerona.

Basta misturar tudo e por no saleiro. Uma dica é, após comprar as folhas frescas, lavá-las bem e deixá-las secando ao sol por um bom tempo até que fiquem realmente secas.

Veja em vídeo como fazer o sal de ervas em casa.

Além do sal de ervas, outro tipo de sal que está dando o que falar é o sal rosa. Conheça-o um pouco mais e saiba como fazer uma boa escolha!

Posts Relacionados

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.