Previdência Privada – Entenda como funciona

ANÚNCIO

As previdências são divididas em categorias, que podem ser aberta e fechada. O que você precisa saber é diferenciar essas duas possibilidades, visto que a aberta é mais comum do que a fechada e pode ser feita por qualquer um (inclusive por algumas empresas que dão esse benefício aos funcionários) Os trabalhadores com carteira assinada devem estar atentos para saber se a empresa paga a previdência para os funcionários. 

Previdência
Foto: (Reprodução/internet)

Quem tiver este benefício, procure se informar com calma para entender qual plano a empresa paga. Provavelmente, você não precisará procurar uma previdência complementar. Os que dependem apenas da contribuição com o INSS ou nunca contribuíram para o mesmo e gostariam de começar essa reserva de dinheiro, devem ir atrás desse investimento. 

ANÚNCIO

Como funciona a previdência aberta? 

Esse tipo de previdência, a complementar aberta, tem duas divisões: PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre) e VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre). Normalmente, vale a pena entender apenas uma delas, a VGBL porque se encaixa às necessidades da maioria das pessoas e traz mais benefícios do que a primeira opção. 

Investimento seguro

Até o momento você descobriu que quando for pedir orçamento deste investimento, deve perguntar sobre a previdência privada do tipo VGBL. A vantagem, nesse caso, é que você terá que comparar entre uma quantidade menor de produtos para escolher o que mais lhe agrada. 

Dentro dessa classificação, existem as previdências com mais risco e menos risco. A diferença entre elas, é que uma pode trazer rendimentos maiores ao mesmo tempo que pode fazer você perder mais dinheiro, no caso, a de maior risco. Por outro lado, a de menor risco, acaba rendendo menos dinheiro, contudo, traz menos chances de perder dinheiro. Se estiver com dúvidas, opte por um investimento com renda fixa, pois é mais segura. 

ANÚNCIO

Um passo para garantir o crescimento do seu dinheiro 

Não basta escolher apenas o tipo de previdência, você precisará decidir qual tipo de imposto pagará no momento de resgatar o dinheiro investido. Entre as possibilidades há o progressivo e o regressivo. 

O segundo caso, é a melhor opção para quem pretende deixar dinheiro na previdência por muitos anos, com o objetivo de resgatar o valor na aposentadoria. Desse modo, quanto maior for o tempo da aplicação do dinheiro, menor será o imposto cobrado quando você for receber o valor investido. 

Por outro lado, há o progressivo, nesse caso, deve ser a escolha de quem começou a pagar a previdência e já está próximo de se aposentar ou pretende resgatar o dinheiro em pouco tempo. 

Entenda como funciona as taxas

As empresas que controlam os planos de previdência cobram uma taxa de administração pela prestação desse serviço. Caso você queira entrar nesse investimento, saiba que deverá comparar essa taxa em mais de uma empresa para garantir que fez uma boa escolha. Quanto menor for a taxa de administração, melhor. 

Contribuinte do INSS

Os aposentados pelo INSS recebem um valor menor do que o salário que ganhavam durante o período trabalhado. Para aqueles que não tem o hábito de guardar dinheiro na poupança, a previdência privada será uma boa alternativa para complementar a renda. 

Como receber o dinheiro deste investimento

Quando você compra uma previdência, deve escolher qual será a forma de resgatar esse dinheiro. Para isso, existem quatro opções e isso dependerá do tipo de previdência que você escolheu. 

  • Resgate total – Nesse caso, é possível resgatar todo o dinheiro de uma só vez, após o prazo permitido em contrato. 
  • Renda vitalícia – O dinheiro é resgatado todos os meses enquanto o beneficiário estiver vivo. Existe ainda, a opção de autorizar a transferência da pensão para outro beneficiário, no caso de falecimento. 
  • Renda temporária – Nessa opção, você recebe uma quantia mensal de acordo com a idade determinada em contrato. Não é possível retirar o valor que você quiser. Esse benefício tem prazo para terminar e o tempo é determinado em contrato. 

ANÚNCIO