O que é? E para que serve a melatonina, uso e deficiência.

O que é? E para que serve a melatonina, uso e deficiência.
O que é? E para que serve a melatonina, uso e deficiência.
Gostou! Classifique

Muitas são as pessoas que enfrentam sérias dificuldades para dormir e esse número cresce a cada dia. O estresse do trabalho e todas as outras tarefas que temos que cumprir acabam nos deixando sobrecarregados e isso pode tirar o nosso sono. Muitos recorrem a medicações para dormir que causam dependência, mas podem utilizar algo muito mais saudável: a melatonina.

O que é melatonina?

A melatonina é um hormônio produzido pelo nosso corpo e que o prepara para uma noite de sono. Ela é muito importante para o nosso relógio biológico, pois ajuda na regulação das horas de sono. Ela costuma ser produzida no turno da noite, quando tudo está escuro, e a presença dela no organismo é como uma espécie de aviso que está na hora de descansar.

O grande problema é que algumas pessoas apresentam sérias dificuldade de produção dessa substância e, por isso, na hora de dormir, podem ter dificuldade. Quem dorme mal tem maiores chances de adoecer, a qualidade de vida cai e os níveis de estresse aumentam.

Para esses casos, o uso de melatonina na forma de suplemento pode ser uma ótima opção. O ideal é que seja utilizado sob orientação médica. Afinal de contas, o uso desse suplemento pode não fazer nenhum efeito — mostrando que a causa não é uma deficiência de melatonina — ou pode fazer o efeito inverso e deixar o indivíduo extremamente cansado ao longo do dia.

Se você for no site da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), o suplemento de melatonina ainda não é reconhecido como uma substância segura. Mas, ainda assim, pode ser encontrado em algumas farmácias de manipulação já que a venda não é ilegal. Porém, para usar essa substância, é necessário ter em mãos uma receita médica.

Apesar de ser uma substância produzida pelo próprio organismo, a melatonina pode desencadear alguns efeitos colaterais. Alguns deles são: fadiga, sonolência constante, aumento do peso, algumas pessoas podem sentir arritmia cardíaca e, para aquelas que já apresentam um quadro de depressão, a doença pode piorar.

Para que serve a melatonina?

deficiência de melatonina

De uma forma geral, ela é indicada para pessoas que têm problemas para dormir e que sofrem de insônia. Isso pode indicar que essas pessoas não estão conseguindo produzir a quantidade ideal de melatonina, então, uma das alternativas, é consumi-la na forma de suplementos.

Veja abaixo em quais outros casos a melatonina pode ajudar:

Portadores de determinadas doenças

Algumas doenças específicas conseguem reduzir a produção natural de melatonina pelo nosso organismo e assim, o indivíduo começa a apresentar dificuldade para dormir. Algumas delas são bem conhecidas como o Alzheimer, o Parkinson, o Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) e o autismo.

Assim, fica claro também que os problemas com o sono não são apenas típicos de adultos e podem se manifestar em crianças.

Pessoas que trabalham em horários diferentes

Diversas profissões como médicos, enfermeiros, fisioterapeutas (e demais profissionais de saúde), policiais e outras funções trabalham em horários alternados. São pessoas que costumam trabalhar à noite, um horário no qual deveriam estar dormindo e dormem durante o dia.

Quanto mais luz há no ambiente, menor é a produção de melatonina. Por causa disso, pessoas que trabalham durante a noite podem ter dificuldade para sintetizar essa substância pela presença da luz elétrica. Sendo assim, pode ser necessária a suplementação.

Jet lag

Pessoas que viajam constantemente para outros países em vivem um fuso-horário diferentes também sofrem com o sono desregulado. Assim, as variações constantes de presença ou ausência de luminosidade pode prejudicar o desempenho nas tarefas do dia a dia.

Para quem a melatonina é indicada?

Lembrando que apenas o fato de estar em um desses grupos descritos acima ou apresentar dificuldade para dormir não é uma indicação para o uso da melatonina. Caso você esteja apresentando essa dificuldade, procure um médico do sono que é um especialista na área. A indicação ou não dessa substância dependerá do que o está causando.

Por exemplo, pode ser que a pessoa não tenha uma deficiência de melatonina e assim, consumir essa substância pode trazer graves consequências. Há chances do indivíduo desenvolver metabólicos e imunológicos. Portanto, antes de consumir, procure um médico.

Há algumas pessoas que podem ser indicadas para o consumo da melatonina. Quem sofre com a enxaqueca, quem está se submetendo a um processo de quimioterapia, mulheres que possuem ovário policístico, homens com calvície, pacientes portadores de doença de chagas podem se beneficiar com o uso da melatonina.

Tratamentos complementares

Se você está com problemas para dormir, além da melatonina, há outras formas de tratamento que podem ajudar. Por exemplo, a meditação é uma prática que ajuda a esvaziar a mente, retirando aquelas informações que não são úteis e apenas ocupam espaço na nossa mente. A acupuntura também é uma ótima opção, pois ajuda no relaxamento muscular e alivia o estresse.

Existem também alguns alimentos que incentivam o nosso corpo a produzir a melatonina. O mel, o feijão, alimentos integrais, folhas verdes como a couve, iogurtes, ovo e outros conseguem exercer esse benefício.

Leia Também:

portal educação Calmante natural: nervosismo, dormir, ansiedade, crianças, e outros!

portal educação Chás calmantes: saiba quais são os melhores chás para acalmar!

portal educação Chá de Camomila Para Que Serve e Como Fazer.

Conhece pessoas que têm dificuldade para dormir? Compartilhe este post nas redes sociais e ajude-as a ter uma vida melhor!

Posts Relacionados

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.