Alecrim: 10 Benefícios E Como Fazer O Chá

Alecrim: 10 Benefícios E Como Fazer O Chá

O alecrim (Rosmarinus officinalis) é uma planta de aroma delicioso e que oferece surpreendentes benefícios em termos de saúde e bem-estar.

É muito empregado na culinária como especiaria, para realçar o sabor e o cheiro de diferentes pratos e seu óleo essencial é famoso pelas propriedades antidepressivas, estimulantes, analgésicas e antimicrobianas.

Nesse artigo você conhecerá em detalhes os efeitos benéficos que o alecrim proporciona e como obtê-los de forma prática e econômica, através de seu chá. Quer saber como ter uma vida mais alegre e saudável com a ajuda dessa planta fantástica? Continue lendo.

benefícios do alecrim

Os 10 surpreendentes benefícios do alecrim

  1. Melhora a memória e a concentração.

O alecrim tem a capacidade de estimular as funções cognitivas, melhorando a memória, a capacidade de concentração e o foco mental. Tais efeitos podem ser obtidos com o uso do chá ou do óleo essencial.

Uma pesquisa publicada em 2012 apontou o potencial da planta como estimulante cognitivo em pessoas idosas.

Estudos preliminares avaliam ainda a eficácia do Rosmarinus officinalis na prevenção do mal de Alzheimer.

  1. É um antisséptico natural.

O alecrim consegue combater bactérias e fungos causadores de doenças. Por isso, seu chá (sem açúcar) pode ser usado em bochechos para prevenir o mau hálito e sangramentos na gengiva.

Tem eficácia comprovada contra a bactéria E. coli, principal causa de infecção urinária, problema que afeta boa parte da população feminina. Logo, o consumo do chá é indicado para prevenir a doença.

Entretanto, quando a infecção já se instalou, o chá da planta não substitui o tratamento prescrito pelo médico, devendo ser usado apenas como um auxiliar.

  1. Combate os radicais livres.

A planta alecrim possui propriedades antioxidantes. Isso significa que ele contém substâncias capazes de neutralizar os danos causados às células pelo excesso de radicais livres no organismo.

Os radicais livres, por sua vez, são naturalmente produzidos pelo corpo e exercem algumas funções, porém, quando em grande quantidade, causam problemas, como envelhecimento precoce e desenvolvimento de certos tipos de câncer.

  1. Tem ação anti-inflamatória.

Alecrim planta possui diferentes componentes, incluindo o ácido rosmarínico, capazes de reduzir os processos inflamatórios, que causam sintomas como dor e inchaço em diferentes partes do corpo.

Em função disso, pode auxiliar no tratamento da artrite reumatoide, reduzindo o inchaço, a dor e consequentemente melhorando a mobilidade nas articulações.

Essa atividade anti-inflamatória da planta, somada às suas propriedades antissépticas, a tornam uma boa opção de tratamento natural para inflamações na garganta, através do consumo do chá e sua utilização em gargarejos.

  1. Alecrim melhora a digestão.

O alecrim é muito eficaz para evitar a sensação de inchaço e o desconforto abdominal causados pela má digestão. Também ajuda a combater os gases.

A planta estimula a produção de ácido clorídrico, substância responsável por digerir os alimentos no estômago.

Tal efeito pode ser obtido consumindo o chá antes das refeições ou usando a erva, preferencialmente fresca, no preparo da comida.

alecrim seco

  1. Ajuda a prevenir e tratar a depressão.

A planta já tem uso consagrado como antidepressivo na medicina popular e a ciência vem comprovando tais propriedades.

O potencial antidepressivo do Rosmarinus officinalis foi tema de uma tese de doutorado defendida em 2012 na Universidade Federal de Santa Catarina. O extrato da planta se mostrou eficaz no tratamento da depressão em camundongos.

  1. Previne a degeneração macular

O alecrim contém uma substância chamada ácido carnósico, capaz de prevenir a degeneração macular relacionada à idade.

A degeneração macular é uma doença que afeta a mácula, pequena área da retina que proporciona a visão de detalhes. Essa enfermidade ocular deixa a visão embaçada, podendo dificultar muito ou mesmo inviabilizar atividades como a leitura.

  1. Combate a caspa.

Também é possível aproveitar as propriedades da planta para melhorar a saúde do couro cabeludo.

Com ação antifúngica, o chá de alecrim (sem adoçar) deve ser aplicado no couro cabeludo limpo para tratar a caspa.

Outra forma de obter esse efeito é adicionar uma gota do óleo essencial de Rosmarinus officinalis ao shampoo antes do uso.

  1. Previne o câncer.

Por sua ação antioxidante, o alecrim tem efeito protetor contra diferentes tipos de câncer.

Ao combater os danos caudados pelos radicais livres às células, a planta consegue reduzir a probabilidade de desenvolver tumores malignos.

  1. Fortalece a imunidade.

Por ser fonte de vitaminas, minerais, antioxidantes e possuir propriedades anti-inflamatórias, a planta tem efeito benéfico sobre o sistema imunológico, responsável por proteger o corpo da ação de vírus, bactérias e outros agentes causadores de doenças.

Chá de alecrim: como preparar

Depois de conhecer todos esses benefícios que a planta oferece, chegou a hora aprender a preparar o chá, para beber, fazer bochechos, gargarejos e aplicar no couro cabeludo.

como usar o alecrim

Use duas colheres de sopa de folhas frescas para uma xícara de chá (250 ml). Caso utilize folhas desidratadas, reduza a proporção para uma colher de sopa para cada xícara.

Coloque a água para aquecer, quando entrar em ebulição, desligue o fogo, adicione as folhas de alecrim e tampe o recipiente. Deixe o chá descansando, tampado, por aproximadamente 10 minutos. Consuma imediatamente após o preparo.

Beba até 3 xícaras por dia, pois mais do que isso pode causar efeitos colaterais, como desconforto estomacal e diarreia.

Agora que você já sabe como preparar o chá e conhece tudo de bom que o alecrim pode lhe proporcionar, aproveite!

Posts Relacionados

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.